Tratamento Manchas e Melasmas

Tratamento Manchas e Melasmas

Melasma é um distúrbio da pigmentação da pele caracterizado pelo aparecimento de manchas acastanhadas. Possui formatos irregulares que se localizam principalmente na face (bochechas, buço, testa, nariz e queixo), podendo acometer também áreas extra- faciais como pescoço e antebraços.


CO2 Fracionado

Considerado a melhor tecnologia para rejuvenescimento facial, o CO2 fracionado trata-se de um laser ablativo, que vaporiza o tecido cutâneo e destrói a superfície, produzindo milhares de pequenas, porém profundas, colunas na pele, conhecidas como Zonas Microtérmicas de Tratamento. Com isso, as camadas mais profundas da pele são aquecidas, estimulando a remodelação do colágeno e a contração do mesmo, diminuindo a flacidez. A pele que não foi afetada facilita a cicatrização das colunas de tecido atingidas pelo laser de uma forma rápida, possibilitando ao paciente retornar às suas atividades normais. Quando o laser atinge a pele, esta fica repleta de pontos esbranquiçados que desaparecem no mesmo dia, dando lugar a uma pele eritematosa e edemaciada que se mantém, em média, por dois a três dias. Após esse período, há o escurecimento dos antigos pontos, havendo a formação de pequenas cascas escuras. Estas caem sozinhas por volta de 5-10 dias, sendo substituídas por uma pele rósea (pele nova). A pele deve ficar com a aparência normal dentro de duas a quatro semanas. Todo esse processo é responsável pelos melhores resultados para manchas, textura da pele, flacidez, envelhecimento solar, cicatrizes e hiperpigmentação.


Luz Intensa Pulsada

Este moderno tratamento segue uma tecnologia de luz que melhora a pele sem provocar alterações no cotidiano dos pacientes. A luz pulsada é um método de emissão de luz e calor baseado na distribuição de energia pelos locais de aplicação, o que progressivamente combate os sinais da chegada do envelhecimento. O aparelho atinge vários alvos: a melanina, os vasos sanguíneos e o colágeno. Após o início do tratamento, há um estimulo à produção de um novo colágeno, dando à pele um aspecto mais limpo e viçoso e resultado em grande melhora de rugas. Nosso protocolo exclusivo combinado ao tratamento com Vitamina C fortalece a pele e aumenta o nível de nutrição. O objetivo é aumentar o nível de hidratação da pele mais rapidamente para que a energia da luz aja com mais eficácia no clareamento de manchas.


Peeling injetável

Uma nova opção de tratamento do melasma já está disponível! Trata-se de um ativo já bem consagrado no tratamento do melasma que funciona como um inibidor da plasmina atuando como agente anti-fibrinolítico impedindo indiretamente o crescimento do melanócito. O melanócito é a célula localizada entre a primeira e a segunda camada da pele e que produz a melanina que tatua o melasma de marrom

O procedimento é realizado através da injeção de vários princípios ativos nos pontos nas manchas, uma vez por semana. Em média, são necessárias 6 a 12 sessões. A pele pode ficar um pouco avermelhada e discretamente inchada após as infiltrações. O tratamento subcutâneo para melasma é uma terapia segura, efetiva e promissora.


Peeling de cristal, químico e enzimático 

Peeling é uma técnica que promove um processo de esfoliação e produz descamação da pele, com posterior regeneração do tecido, melhorando sua textura. Também clareia manchas e atenua rugas finas, além de estimular a renovação do colágeno que dá mais firmeza à pele. Existem mais de 20 tipos de peelings, feitos com diversos produtos que podem ser ácidos, ácidos de frutas ou micro cristais. Entre estas opções, o peeling feito com enzimas de frutas (enzimático) gera um descolamento da camada mais superficial da pele, reduzindo a camada de queratina. É um potente renovador celular biotecnológico e natural, fonte de ácido salicílico. O resultado é um aspecto mais viçoso e luminoso da pele, atenuando manchas superficiais e profundas.

O peeling de cristais faz referência a um tratamento realizado com um aparelho que bombardeia a pele com jatos de micro cristais de hidróxido de alumínio em alta pressão. Ao mesmo tempo, elimina os resíduos deixados pelos cristais e pela pele esfoliada, aspirando-os. Esta "agressão" promovida pelos cristais promove um peeling cutâneo, cuja intensidade varia de acordo com a quantidade de cristais, a pressão utilizada e o número de vezes que a cânula é passada na pele.

Por último, nos peelings químicos, soluções químicas são cuidadosamente aplicadas na pele provocando a separação das suas camadas, a descamação e o posterior surgimento de uma nova pele com melhor textura, mais lisa e uniforme que a antiga. A fórmula utilizada será ajustada para atender às necessidades e aos objetivos específicos de cada paciente. Seus resultados podem variar desde uma descamação suave a uma mais agressiva, removendo a pele em diferentes graus. Haverá a troca da pele, o que ajudará na eliminação de manchas e envelhecimento cutâneo.

Marque já seu horário

Agendar